sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Nota do tempo de uma dançarina

 Férias. Foi assim que nomearam o recesso do trabalho, dos estudos e para toda atividade que traga algum tipo de labuta. Em meio ao descanso, o rapaz tirou a bailarina para um dança, ela foi para o alto logo depois que o sol apareceu no céu. Iniciou os passos perto do instrutor e ganhou a imensidão há muitos metros de distância dele. Ela rebolava e bailava, vestia trajes coloridos e sua cauda era brilhante. Ela visitou os pássaros, as nuvens e até os aviões. Sua cauda brilhante balançava a todo instante. Mas cortaram sua guia, ela perdeu o rebolado e girou, girou, girou. Desgovernada, a pé de valsa cai em lugar desconhecido, às vezes, de impossível alcance. A dançarina que queria bailar acaba presa nos fios da rede elétrica ou na antena das casas. Foi por isso que o menino subiu no muro:
- Ei, garoto! Você mora nessa casa? Questiona o senhor.
- Não, moço. Responde o garoto, muito espantado.
- Então por que está subindo nesse muro?
- Eu só quero pegar minha pipa, senhor!
- Toque a campainha e peça para pegarem para você, não pode invadir a casa alheia!
Muitos garotos se aventuram em busca de belas dançarinas caídas.

5 comentários:

Helouquinha disse...

Poxa Aninha, estou emocionada... Sua postagem faz com que eu pense, obrigada por terminar meu ano na esperança de 2011 ser o dobro melhor do que foi 2010
Quero levar a imagem da pipa brilhante e envolvnte por toda vida...
Obrigada por tudo e me desculpe por algo, que não deveria ter ocorrido...tu me entendes, ne, sonhdora?
Beijos e abraços apertados

s2...Ná...s2 disse...

Ai que saudade que eu tava de ler seus maravilhosos textos Aninhas... todos tão criativos, expressivos e cheios de sentido. Simplesmente fantástica a forma como tratou a pipa como bailarina... Essa bailarina pira a cabeça de muitos meninos e por ela alguns fazem até loucura...
Beijos minha querida!

Helouquinha disse...

Acho que consegui arrumar meu blog, querida, verifique se agora consegue postagem:P
hehehe
saudades

Analina Arouche disse...

Helô, obrigada pelas palavras! Há uma pipa para todos nós, que possamos dançar junto com ela.

Nazinha, essa bailarina é terrível, queria ter o mesmo poder que ela tem...rs!

Johnny, o mistério é a chave, fico feliz que ele funcione.

Obrigada pelas visitas e comentários.

Abraço para vocês!

Larissa Pereira disse...

Seria essa, uma de suas dançarinas?
http://www.youtube.com/watch?v=bxiZHsNwwVQ
Belo texto!
Un beso,
Larissa